«

»

ago 03 2018

Em jogo marcado por uso do VAR, Bahia e Palmeiras empatam sem gols

No primeiro jogo com uso do VAR no futebol brasileiro, não faltaram emoções, mas o placar ficou no empate por 0 a 0. O Bahia fez uma boa partida contra o Palmeiras, na noite desta quitna-feira, 2, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, mas não o suficiente para superar a equipe paulista.

Agora, o Tricolor não poderá perder o jogo da volta, dia 16, no Allianz Parque, se quiser passar às semifinais da competição. Novo empate levará a partida para os pênaltis. Se o Esquadrão vencer, passa de fase.

Antes do duelo da volta pela Copa do Brasil, o Bahia tem outros compromissos. Neste domingo, às 19h, o Esquadrão enfrenta o Fluminense no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo

Os primeiros minutos do jogo foram do time alviverde. Logo no primeiro minuto, Dudu apareceu livre na grande área, mas Anderson salvou o Tricolor com uma linda defesa em chute do atacante. Deyverson teve duas boas chances. Na primeira, errou a bicicleta, na segunda, foi parado por Tiago. Bruno Henrique também chutou travado, e o Porco ficou nisso.

Aos 27, Zé Rafael puxou contra-golpe em alta velocidade e serviu Gilberto, mas o centroavante, livre, tentou pegar de primeira e errou o chute. No fim da primeira etapa, Elton finalizou da entrada da área, na zaga.

No segundo tempo, o Bahia foi dominante. Logo no início, Mena cruzou na medida para Gilberto, que fez tudo certo para antecipar o marcador, mas errou o cabeceio. Depois, Gilberto e Elton exigiram boas defesas de Weverton, e Edigar chutou uma por cima.

Nas tentativas do Palmeiras, Gregore, ao tentar afastar a  bola para escanteio e mandou contra o patrimônio, mas Anderson salvou.

Aos 24 minutos, o volante cometeu pênalti em Artur e levou o cartão vermelho, mas o VAR foi acionado pela primeira vez na história no Brasil. O árbitro Anderson Daronco manteve a penalidade, mas cancelou a expulsão e aplicou o cartão amarelo para Gregore.

Seis minutos depois, Bruno Henrique bateu a penalidade e acertou o travessão. Era a oportunidade perfeita para o Bahia tentar fazer o gol da vitória. Deyverson ainda foi expulso aos 45 minutos – com outro uso do VAR –, após cotovelada em Mena, mas o Palmeiras recuou e segurou o empate por 0 a 0.(A Tarde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>